sexta-feira, 6 de julho de 2012

Aeroportos e Empresas Aéreas do Brasil....LIXO!!!

Me deparo no Facebook com o relato de um pai de felinos. Estou espumando! Já tinha ouvido de colegas que o pessoal de terra (da companhia SATA) é o lixo do lixo: não cuidam de coisa alguma, não têm comprometimento, tratam carga viva como merda. Mas ver e pensar o sofrimento desse bichinho me deixa fora de mim!

PAIS E MÃES, POR FAVOR LEIAM E ESPALHEM!! Já foi o Esquilo, o Pinpoo, agora é a Ressaca. E quando for a vez do filho de vocês? Isso PRECISA PARAR, pais e mães de felinos, procurem outras empresas, boicotem a TAM e a GOL! Quem sabe assim eles irão exigir um serviço decente da SATA?

Segue o relato:

 "UM TEXTO MAIS CLARO SOBRE O QUE ACONTECEU COM A NOSSA GATINHA, A RESSACA, DURANTE O VÔO DA TAM: 

 Eis a situação: eu me mudei de São Paulo para Belém do Pará, e paguei, para a TAM, o que eles chamam de taxa de embarque para animais vivos para meus 2 gatinhos - R$ 90 por gato + o valor correspondentes dos mesmos com os devidos kennels em excesso de bagagem, totalizando R$ 325. Um dos nossos gatinhos pôde viajar conosco na cabine, porém, a outra, que é um pouquinho maior, foi impedida de entrar na cabine, tendo que ir para o porão do avião. Fiquei nervoso, porém tranquilo, pois no começo do atendimento vi que estavam sendo bem atenciosos com a Ressaca, minha gatinha. Em nossa conexão, em Brasília, bati o pé para que me deixassem dar água e verificar a situação da minha gata. Depois de um certo tempo, me permitiram, e pude verificar que ela estava BEM. Tomou um pouquinho de água, deitou-se e eu a dispensei novamente para o porão. 

 Porém, qual não foi nossa surpresa ao chegar no Aeroporto Val de Cans, em Belém, e dar de cara com a caixa de transporte de minha gata TOTALMENTE DESTRUIDA, e minha gata COMPLETAMENTE URINADA, ASSUSTADA E ARREDIA, EM VISÍVEL PÂNICO, no fundo da caixa. O buraco da caixa era tão grande, que se ela não estivesse tão amedrontada, poderia facilmente passar pelo mesmo. Entrei "cuspindo fogo" na loja da TAM, com a caixa no meu colo, pois não tinha como carregá-la mais pela alça. Os atendentes se recusaram a responder pelo gato, "responsabilizando-se" apenas pela caixa - e digo entre aspas, pois a 9 dias o incidente ocorreu, e até esse instante eles sequer entraram em contato comigo. Me levaram até uma sala afastada, para que os clientes que estavam na loja não servissem de testemunhas daquela situação, assinaram um termo de ocorrência sobre DANOS NA BAGAGEM. 

Nesse momento, perguntei - mas se vocês estão preenchendo um termo sobre BAGAGEM, de que me adiantou pagar R$ 325 para o transporte de ANIMAIS VIVOS, se eles são tratados e respondem como bagagens para a empresa de vocês? Elas nada responderam e me deram o termo. Ainda me disseram que assim que eles entrassem em contato, que EU deveria comprar a caixa de trasporte, e que a TAM RESSARCIRIA o valor, se fosse o caso. 

 Não sendo o bastante, ainda perguntei: e vocês vão mesmo me deixar carregando minha gata com essa caixa totalmente quebrada, com urina escorrendo em meus braços, sem me oferecerem uma caixa nova sequer? A resposta foi essa: não podemos fazer nada pelo senhor agora. Estou indignado. Tirei 5 fotos e gravei um vídeo em cima do balcão da TAM, que estão disponíveis no meu álbum. Diversas ONGS estão me ajudando, divulgando essa história que já foi compartilhada por mais de 2.000 pessoas. Marquei a TAM em TODAS as fotos e no vídeo, e mesmo assim, não obtive resposta."




Contato comercial da SATA aqui !!!
Mandar mensagens para a TAM: aqui !!!!
ESCREVAM PARA A STAR ALLIANCE E PEÇAM O DESCREDENCIAMENTO DA TAM: aqui!!!

3 comentários:

Erica Lopes disse...

Que absurdo!!!! Processo neles!!!!

Anna disse...

Erica, disse o dono que já fez BO. TOmara que caia dentro mesmo!

eva disse...

Tomara que encontre um juiz que faça a coisa certa e que de uma sentença de acordo com o ocorrido. Eles só vão melhorar o atendimento quando passarem a sentir no bolso. Fico revoltada com isso.