quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Para Bet.

Poema do Paul.

Então. Você acha que eu morri?
Mesmo? Só porque você não está me vendo?
Ah, sim. Pode ser. .. Mas não me vê mesmo?

Eu estou aqui!

Na sua lembrança.

No seu coração.
Na sua alma.
No bem que você me fez.

Certo, você ainda acha que eu morri.
Só porque você não pode mais me pegar no colo?
É, pode ser. Mas não pode mesmo?

Pode sim. Eu estou aqui.

Nos outros felinos que você conhece.
Nos que vai conhecer.
Em todos eles, um pouco de mim.
Em mim, um pouco de todos eles.

Gatos não morrem, querida tia dos olhos castanhos e amorosos.
Gatos vivem pra sempre,
Porque estamos em toda a parte.

Onde estiver quem nos ame,
onde estiver um gato,
estarão todos os outros.

Eu inclusive.
Para sempre.

Beijos de todos nós.

9 comentários:

Dona Mila disse...

É lindo, mas me fez chorar horrores. Amo todos os gatos, mas tem uns que passam por mim e mexem mais. Não sei explicar. Gatos mudaram a minha vida. Larguei tudo pra ser Veterinária por causa de um gato. To lendo o blog todo, adorei! Vou linkar.

Ms. Anabela disse...

Linke e divulgue!

O poema é breguinha, mas foi pra uma amiga que tá mto triste. Odeio ver ela triste, ela é festeira, alegre.

Beijos

Dona Mila disse...

Eu sei! Eu conheci o Paul, fiz ultrassom nele domingo... Não parecia tão grave mesmo.

Ms. Anabela disse...

Que mundo pequeno!!
Quem fez a cirurgia nele?
Se quiser escrever por email e não aqui, por favor, faça!
maesdefelinos@hotmail.com

Bjos

Ms. Anabela disse...

A Bet é madrinha de um dos meus filhos. Qse que eu ligo pra ela e ponho o afilhado dela pra ronronar no celular.

Ia ser o mico do século.....

Dona Mila disse...

Sem problemas ser por aqui! Foi o Dr. David, da Prontodog. Tem anos que não o vejo, mas quando fiz um breve estágio com ele, soube que ele aprendeu com uma fera da cirurgia, e nunca esqueci de uma remoção perfeita de tumor que ele fez. Era bem extenso e vascularizado, inevitável ter muito sangramento. Pois ele fez uma cirurgia limpa e impecável.

Ah, achei seu blog no da Roberta. :)

Ms. Anabela disse...

Então não foi o cirurgião....pq vet pra gatos é dificílimo, eu é que sei...:-/ Pode acontecer deles fazerem burrada, mas pelo que vc está dizendo, não foi o caso.

Vou nanar, trocar água dos filhos e ver se mais ninguém comeu mais da árvore de Chrismuká!

Bjos

PS: isso aqui já virou chat. :-)

Andrea Raffai- Mamãe da Mel, do Fred, do Jack,da Nina e da Bianca disse...

Beth, tenho certeza de que fez tudo que estava ao seu alcançe.
O Paul é lindo e com certeza está olhando pra vc.
Sabemos bem o que está sentindo.

Grande beijo

doris disse...

Lindo poema, me sinto assim, quando cuido de um dos meus filhos e como se eu estivesse cuidando de todos. Se todas as pessoas entendessem isso o mundo com certeza seria melhor.
Beijos