terça-feira, 5 de abril de 2011

Boa Dica pra Pacientes Renais e Prevenção.

A dica veio da  Jakeline Aguilar Nunes. Vamos à ela:
   
Oi.
Meu nome é Jakeline e moro em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Achei o blog Mães de Felinos por acaso, navegando na net, e adorei!!! Acima de tudo, é muito bom ver que tem mais pessoas como eu, que vêem seus amigos inseparáveis, os felinos, como filhos.

Eu moro com meus 5 filhos felinos e somos uma família muito feliz. Infelizmente, não estou podendo adotar mais filhos, o que não me impede de cuidar, alimentar, castrar e procurar casa para os outros felinos que ainda estão pelas ruas. Sou totalmente apaixonada por gatos, principalmente os SRDs, com todo seu charme e beleza inigualáveis.

Bem, estou escrevendo pra compartilhar algo que me ajudou muito no tratamento do meu menino mais velho, que está se aproximando dos 10 anos.
 
Como todo gato castrado e que se alimenta de ração, ele teve problemas urinários. Em vários momentos de crise, tivemos que correr para a emergência para desobstrução da uretra e retirar a urina através de sonda e seringa. Era um desespero, muito sofrimento para nós dois.

Fazem mais de 2 anos que meu menino não tem mais crise, desde que fiquei sabendo de uma homeopatia. Dou até hoje, no mínimo 3 vezes ao dia. Aos finais de semana, quando não estou trabalhando o dia todo, dou mais seguido, pelo menos 5 vezes ao dia.

O nome da homeopatia é : Sabal Serrulata D6  - faço com álcool a 5%, de forma que posso dar diretamente na boca do gato, sem ter que diluir em água. Coloco umas 5 gotas na seringa.
 
A pessoa que me indicou sugeriu que no momento da crise eu desse de 1 em 1 hora, o que fiz, mas hoje não precisamos mais. Ele está super bem, faz cada xixi enorme que dá gosto ...hehehehe...
 
Depois que você passa por momentos difíceis é que começa a dar valor para coisas pequenas. Fazem 2 anos que não "reclamo" mais com o gasto em areia sanitária, pois sei que fazer bastante xixi é sinal de saúde.

Espero que isso venha a ajudar outros gatos que possam estar passando por algo parecido. Tenho certeza que esse medicamento aumentou o tempo de vida do meu velhinho, e já estou me precavendo com os outros para que nunca venham a passar por essa dor e sofrimento.

Grande abraço,
Jake.

Claro que é sempre bom conferir, nem todo felino é igual, mas informação é sempre ótimo. Algum vet de plantão? Alguma mãe que tenha já perguntado sobre isso ao médico?

9 comentários:

Wayne, Rodrigo e nossos felinos: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Oi, gostei muuuito da dica, meu gatos ainda nem fizeram dois anos mas já me preocupo com o que possam sofrer mais pra frente com problemas urinários....queria saber se já posso começar a dar essa homeopatia desde já...funciona como prevenção? Ou só quando já teve o problema...?
Brigadaaa..
Bjs

ReCriando disse...

Eu tenho sérias dúvidas sobre essa situação de problemas no trato urinário... Aqui em casa, todos os meus filhos são castrados e nenhum deles têm ou teve problemas desse tipo. E o meu mais velho vai fazer 13 anos... Não concordo com a Jakeline quando ela fala que "Como todo gato castrado e que se alimenta de ração, ele teve problemas urinários".
Algum vet poderia dar mais orientações.
Sei lá... ficou parecendo que castrar e dar ração (de boa qualidade!!!) não é bom para o gato, o que não é verdade...
Beijocas, Rê

Ms. Anabela disse...

Oi , acho que ela quis dizer que a maioria das rações é meio fubá mesmo. Vou catar uma leitora que é vet pra comentar.
Wayne, pelo que li, é pra prevenção também! Beijos

Jakeline disse...

Oi Wayne. Tudo bem?
Eu dou a homeopatia para meu filho mais velho, que teve crises renais e para meu filho mais novo, que nunca teve uma crise mas que demora muito para urinar, então achei melhor prevenir. Para as meninas, ainda não estou dando, pois nunca notei dificuldades nelas. Mas, com certeza, fiquei mais tranquila desde que uma veterinária me falou dessa homeopatia, pois sei que meu filho está sem aquelas dores horríveis.
Abraços,
Jake

Jakeline disse...

Oi Re. Tudo bem?
Fico muito feliz que teus filhos nunca tiveram problemas urinários, pois eu sei o terror que é ver um filho tão mimoso urrar de dor ao simples toque.
Claro que nem todos os gatos desenvolvem esse problema, acho que falei mais como um desabafo, pois conheço pessoas que perderam seus filhos para essa doença, e isso nos revolta, parece (ou parecia) que nenhum iria escapar.
Quanto à castração, sou totalmente a favor; todos os meus filhos e filhas são castrados. Mas, uma veterinária me explicou que essa doença está ligada à castração pq machos não castrados marcam território, urinando em todos os lugares, ou seja, com muito mais frequência. Após castrados, eles param de marcar território, assim a urina fica mais tempo acumulada na bexiga, ocorrendo uma maior cristalização; cristais esses que obstruem a uretra. Já com relação ao sexo do animal, que seria mais comum nos machos pq suas uretras são mais longas e mais finas, propiciando a obstrução, enquanto as fêmeas tem a uretra mais larga e mais curta, o que dificultaria a obstrução. Já a relação com a ração tem a ver com a ação desta sobre o pH da urina. Mas não tenho mais dados a fornecer sobre esse assunto. Me indicaram a dar carne pelo menos 1 vez na semana para os gatos, que ajudaria a prevenir a ação da ração sobre o pH mas, como disse, infelizmente não tenho mais informações sobre isso. Até onde sei, mesmo rações de boa qualidade (que são as que eu compro) podem propiciar o desenvolvimento da doença. Lógico, existem aquelas que são ração e medicamento ao mesmo tempo, como as da Royal Canin, mas não sei qual sua forma de administração.
Bem, espero ter desfeito o mal entendido e ajudado pelo menos um pouco com esses animais maravilhosos. Tudo que disse aqui, e no depoimento inicial, obtive conversando com muitas pessoas, veterinários e não veterinários apaixonados por gatos como eu.
Se alguém souber de algo que complemente ou mesmo que contrarie essas informações, por favor, divulgue para que possamos sempre cuidar melhor dos nossos filhos amados.
Grande abraço,
Jake.

Adote 1 miau! disse...

O problema não é a castração, é o pouco consumo de água, principalmente em gatos alimentados exclusivamente com ração seca (seja "superporcaria" ou superpremium). Cansei de ver gato inteiro com problema urinário na clínica.
Experimentem oferecer ração úmida diariamente (eu ainda acrescento um pouco de água, para ficar ainda mais pastosa), espalhar potes de água pela casa e, se possível, comprar pelo menos uma fonte automática. FUNCIONA. Conselho de mãe de 7 felinos machos castrados, entre 3 e 13 anos, que nunca tiveram nenhum tipo de problema urinário. ;)

Cris Roque disse...

Jake, estou sofrendo com meu bebe de 10 meses com estas crises, estamos ate verificando a possibilidade de opera-lo, esta operação é terriveil, pois retiram os orgãos sexuais dele, e abrem a uretra como uma vagina...., mas gostaria de experimentar o medicamento, onde encontro e como prepa-lo, por favor.
Abraços

Cristina

Anônimo disse...

Adote 1 miau! gostei da sua dica e acabei de fazer para meus gatos. A ração úmida ficou mais pastosa e eles comeram tudo. Infelizmente, no Brasil não temos uma ração úmida de qualidade, já li em fóruns sobre gatos que na Europa e nos EUA não dão ração seca só as úmidas e que a legislação daqui proíbe a importação dessas rações com melhor qualidade!!! Comprei 2 produtos: a Top Cat que eles não gostaram (tem cheiro e consistência ruim) e a Sabor & Vida, do mesmo fabricante, mas essa eles aceitaram. Estou evitando dar ração seca, pois a creatinina e uréia da minha gata deram muito alteradas e o vet falou, meio que sem querer, e depois eu forcei, rs, para que falasse, que como os gatos são carnívoros, e a carne é úmida, com a ração seca, mesmo que bebam muita água e com o passar dos anos os gatos não conseguem ficar hidratados o suficiente, e depois vem a doença renal.
Denise

Anna disse...

Denise, eu tenho tentado trocar, mas são cinco filhos e onze temporários. Com os problemas financeiros que se abateram sobre nós, fica difícil, mas estamos lutando.