segunda-feira, 25 de julho de 2011

ATENÇÃO, MÃES DO RIO DE JANEIRO (em especial mães da UERJ)

Por Isa Veiga, mãe do Horácio e do Frederico.

Uma professora da Uerj, que alimenta e cuida dos gatos que vivem na universidade relatou que, ao chegar ao estacionamento, perto da obra do bandejão, onde vive uma família de felinos, encontrou um deles, que estava saudável na véspera, morto. Provavelmente, envenenado. E mais: o pratinho com a ração e vasilha de água , haviam sumido. Ela relata que, nos últimos tempos, outros gatos também tem sido vítimas de maus-tratos e costumam "aparecer" mortos, apesar do trabalho diário de voluntários.

Os funcionários que cuidam dos animais já pediram inúmeras vezes uma reunião com o prefeito da Uerj para conversar sobre o assunto, mas não foram atendidos. Lembrando que a Uerj, como uma instituição de ensino que é, deveria ser a primeira a dar o exemplo de cidadania e de respeito às leis que protegem os animais e os consideram tutela do Estado.

Que vergonha, Uerj!!!

Nota MdF: quem quiser o contato da professora Jeanne, que está à frente do protesto, escreva pra gente! Também seria bom se as meninas e meninos daqui escrevessem pro RJTV e outras emissoras. Eu já mandei minha mensagem: Fale conosco G1 - Globo

Um comentário:

Repositório disse...

Põe vergonha nisso!